terça-feira, 29 de outubro de 2013

Tag O sacrifício dos livros



1- Um livro sobrevalorizado


  • Estás numa livraria a procurar um novo livro e BAM! Zombies começam a atacar. Através dos altifalantes é feito o anúncio de que os militares descobriram que a única fraqueza dos zombies são os livros sobrevalorizados. Que livro que toca a gente diz que é fantástico, mas que tu odeias, começas a arremessar aos zombies sabendo que contará como um livro sobrevalorizado e irá destruí-los com sucesso.
Um desastre maravilhoso. Todos falaram tão bem dele e no entanto nhec nhec

2 - Uma sequela
  • Sais do cabeleireiro com um penteado fantástico e BOOM! Começa um aguaceiro torrencial. Que sequela usarias como chapéu de chuva para te proteger?
Um desejo insaciável. Não é que não tenha gostado pois gostei muito. Mas só vi que tinha sequela quando o terminei de ler e para variar o que é habitual em Portugal a editora optou por não publicar mais nenhum.

3 - Um clássico
  • Estás numa aula e o teu professor de Português só fala sobre como aquele livro mudou o mundo, revolucionou a literatura, e começas a ficar tão farta/o que atiras o livro à cara do professor. Sabes porquê? Aquele livro é estúpido e o castigo vale a pena só para mostrar a todos como te sentes em relação a ele. Que livro atiravas?
O memorial do convento. Não consegui mesmo entrar na história. Acho que comparado com o Ensaio sobre a cegueira fica muito aquém.

4 - O livro que menos gostaste na vida
  • Prestes a sair da biblioteca e BAM! O aquecimento global estoura e lá fora tens um grande terreno gelado pela frente. Presa/o na biblioteca, a tua única hipótese de sobrevivência é queimares livros para te aqueceres. Que livro vais a correr buscar e que não terás quaisquer remorsos de queimar?



Isso é que não. Mesmo não gostando do livro acho que não se deve queimar nenhum livro. Iria buscar aquele que estivesse incompleto, ou mesmo muito danificado que já não trouxesse prazer a ninguém lê-lo.




5 comentários:

  1. Portugal e as suas séries abandonadas *revira os olhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem me digas nada, cada vez mais chego à conclusão de que vejo os livros, venho investigar e se for uma sequela tenho de esperar que a editora publique todos ou então ler em brasileiro ou inglês

      Eliminar
    2. Yep -.-

      Estou tanta raiva de algumas editoras portuguesas o.O

      Eliminar
  2. Concordo plenamente com o primeiro:P Beijos

    ResponderEliminar